8. Acidentes de acordo com a causa da queda

Escorregamento

Os escorregamentos são causados por uma diminuição na fricção entre os sapatos e o chão. O principal fator são os pisos escorregadios ou o uso de calçados que não fornecem a segurança adequada.

As quedas ocorridas por escorregamentos possuem duas classificações: quedas para frente ou para o lado e quedas para trás.

1. Quedas para frente ou para o lado

Isso ocorre quando a parte posterior do pé que está trás é afetada ao caminhar, fazendo com que a pessoa escorregue e seu corpo seja puxado para a frente ou para o lado.

Ao usar as mãos para proteger-se, fraturas muito sérias podem ocorrer no rádio do antebraço ou no úmero. Se a queda for para o lado, o fêmur pode ser fraturado.

Fig. 7. Quedas para frente e para os lados em decorrência de escorregões

Fig. 7. Quedas para frente e para os lados em decorrência de escorregões

2. Quedas para trás

Isso ocorre quando o calcanhar do pé frontal desliza para frente, fazendo com que o corpo seja puxado para trás. Idosos podem cair sentados e fraturar a vértebra lombar. Se o indivíduo não conseguir usar as mãos para adquirir equilíbrio, a parte de trás da cabeça pode sofrer o impacto.

Fig. 8. Quedas para trás em decorrência de escorregamento

Fig. 8. Quedas para trás em decorrência de escorregamento

Pesquisas demonstraram que, ao escorregar para trás e cair, a queda ocorre em cerca de 0,83 segundo, tendo a cabeça uma velocidade de impacto entre 22 e 23 km/h. Em outras palavras, nossos reflexos têm muito dificuldade em proteger-nos quando escorregamos.

 

Tropeções

Os tropeções ocorrem quando, ao andamos, ligeiras diferenças de elevação ou a altura de um degrau em uma escada fazem com que não levantemos a perna suficientemente.

Quando isso acontece, os dedos se chocam contra a superfície ou o degrau e o corpo é puxado para frente, caindo para frente ou para o lado.

Ao tentar proteger-se com as mãos, fraturas muito sérias podem ocorrer no rádio do antebraço ou no úmero. Se a queda for para o lado, o fêmur pode ser fraturado.

Fig. 9. Quedas por tropeções

Fig. 9. Quedas por tropeções

 

Pisando em falso

As quedas ao se pisar em falso ocorrem quando o pé desce de encontro a um buraco ou outra abertura em nossa frente, ou quando a superfície está abaixo da altura esperada.

Os dedos do pé são levados em direção ao buraco ou diferença de altura e o corpo é puxado para frente, fazendo a pessoa cair para frente ou para o lado.

Ao tentar proteger-se com as mãos, fraturas muito sérias podem ocorrer no rádio do antebraço ou no úmero. Se a queda for para o lado, o fêmur pode ser fraturado.

Fig 10. Quedas por pisada em falso

Fig 10. Quedas por pisada em falso

 

このページをシェアする

講習会をお探しですか?

 

▲ページ先頭へ